• INCC

Dia 1 I 21 Dias de Jejum e Oração

VOANDO COMO AS ÁGUIAS


Os que esperam no Senhor renovam as suas forças, sobem com asas como águias, correm e não se cansam, caminham e não se fatigam. Isaías 40.31


Uma das notáveis características das águias é a possibilidade que têm de alcançarem, em pouco tempo, alturas incríveis, em seus voos. Com impetuosidade, estes pássaros vencem os desafios das grandes altitudes.

As águias são extremamente nobres. Quando envelhecem, voam até os mais altos penhascos, onde se alojam para um tempo de recolhimento e renovação. Pacientemente, arrancam as penas velhas, quebram o desgastado bico, enquanto esperam um novo tempo de vida. Preferem morrer de maneira altiva a sobreviver de maneira pobre.

Há um tempo, tive a grata experiência de partilhar do convívio de verdadeiras águias. Em meio a negociações entre gigantes, irmãos e amigos desta Igreja manifestaram atitudes semelhantes às das mais bravas aves desta espécie.

Estes voaram bem mais alto. Postaram-se como conquistadores, decididos e desprendidos. Ofereceram o melhor que dispunham: coragem, tempo, talento, vigor e posses. Tudo isto, com persistência, desapego e dedicação.

Sou grato a Deus por poder alçar voos muito altos, acompanhado por um grupo representativo de águias. Irmãos, cuja acuidade de visão nos fez mirar e alcançar o topo.

Em todas as áreas da vida, temos que aprender com as águias: Vencer desafios gigantes. Deparamos constantemente, com problemas alguns que, de tão graves, consideramos insolucionáveis por um breve momento.

Como águias voamos até os céus, porque é de lá que vem a ajuda necessária.

Mas há momentos em que temos de isolar-nos para refazer as forças físicas, emocionais e espirituais. É no ermo que a dor se aprofunda, a fome e a fraqueza vêm. Mas, assim como as águias, saímos renovados, pela assistência que Deus nos deu lá. Nós, como as águias, temos que voar mais alto. Em meios aos problemas e dificuldades naturais da vida ou nos grandes empreendimentos, que temos enfrentado como pastor, ou simplesmente como um homem de Deus. Tenho observado que temos pés e que eles têm que estar no chão, mas, de vez em quando, temos que criar asas. Asas para ir mais alto, além das nossas forças, nossa capacidade, nossa visão. A visão lá de cima é muito mais ampla.

O Apóstolo Paulo nos adverte: buscai as coisas lá do alto. Foi assim que os gigantes da nossa igreja se levantaram naquele dia, e me alvoraçaram o espírito, fazendo-me ver que os grandes projetos de Deus quer na vida da Igreja quer na nossa vida pessoal, são conquistados no alto.


Pensamento: Os projetos de Deus a nosso respeito são excelentes. Ele quer nos levar a lugares mais altos, mas, para que isso aconteça, precisamos nos colocar em seus braços de amor e deixar que ele nos guie completamente. – Sérgio Callegar


Oração: Senhor, sopra o Teu Espírito para que eu possa avivar-me e levar Tuas mensagens aos perdidos. Em Cristo, amém


Devocional extraído do livro "Bálsamo e Mel" Volume 2 do Pastor Aguiar Valvassoura.



3.642 visualizações13 comentários

Posts recentes

Ver tudo