top of page
  • dezagil

DIA 18 I 21 Dias de Jejum e Oração

DIA 18 // 21 Dias de Jejum e Oração


VIDA ESPIRITUAL

18 - Testemunho e evangelismo


Toda motivação humana pode conter elementos positivos e negativos. Isto é importante, pois a realidade que nos cerca funciona desse modo: se não fizermos o bem, o mal prosperará por causa da nossa omissão. Este primeiro aspecto ajuda a explicar o valor do que é o seu bom testemunho pessoal diante da realidade do mundo que nos cerca:

Levem uma vida pura e inculpável como filhos de Deus, brilhando como luzes resplandecentes num mundo cheio de gente corrompida e perversa (Filipenses 2:15).


Você já percebeu que usamos esta linguagem: “Fulana de tal já é uma estrela!”. “O jogador sicrano está brilhando nos gramados!”. “O grupo musical beltrano está brilhando nos palcos”. E todo mundo quer ouvir, o tempo todo, a opinião dessas pessoas acerca de tudo... Bem, aí isto já é outro assunto, pois nem sempre é edificante o que alguns famosos têm a relatar, pois o seu testemunho de vida pode ser contraditório com os valores que parece defender.

Esse segundo aspecto, o padrão único entre o que somos e o que falamos é a grande força da proclamação do Evangelho, como nos explica o apóstolo Pedro. Ele identifica essa tarefa como de importância excepcional a ponto de Deus entregar este trabalho de Reis-Sacerdotes a embaixadores especiais, membros de uma comunidade de representantes exclusivos de Deus:

Vocês, porém, são povo escolhido, reino de sacerdotes, nação santa, propriedade exclusiva de Deus. Assim, vocês podem mostrar às pessoas como é admirável aquele que os chamou das trevas para sua maravilhosa luz (1 Pedro 2:9).


Que verdade magnífica de que as nossas atitudes podem ser a vitrine das virtudes de Deus para as pessoas à nossa volta! O nosso testemunho, cuja origem no grego é a palavra martyria, no sentido de sofrimento, pois devemos estar preparados para as aflições que o mundo nos impõe. Testemunho denota claramente o que o Espírito Santo declarou a Ananias, quando este inicialmente se recusou a impor as mãos para abençoar Saulo, conhecido como perseguidor dos cristãos. Mas o Senhor insistiu:

Vá, pois Saulo é o instrumento que escolhi para levar minha mensagem aos gentios e aos reis, bem como ao povo de Israel. E eu mostrarei a ele quanto deve sofrer por meu nome (Atos 9:15,16).


- O que é preciso acertar em sua vida para que ela seja uma luz que atraia as pessoas, as quais você abençoará como sacerdote guiando-as ao Trono de Deus?

- Cristo Rei dos Reis reina sobre sua vida, de modo que você está apto a anunciar o Evangelho?


443 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page