• INCC

GC 22: Sustento Inabalável



VERSÍCULOS CHAVE:

“11 o pão nosso de cada dia nos dá hoje;”

Mateus 6:11 - Versão Nova Almeida Atualizada (NAA)





O PÃO NOSSO DE CADA DIA


Depois de rogarmos para que o nome de Deus seja santificado, que seu reino venha e que sua vontade seja feita, Jesus passa a ensinar-nos a rogar ao Pai por nós mesmos. Ele destaca três áreas, e hoje, comentaremos a primeira delas.

Em primeiro lugar, em relação ao presente, devemos pedir o suprimento de nossas necessidades (6.11). Devemos pedir não luxo, mas pão. Pedir não egoisticamente, mas pedir o pão nosso. Pedir pão não para o acumularmos, mas o pão de cada dia. Spurgeon diz que não pedimos o pão que pertence a outros, mas somente para o que é honestamente o nosso próprio alimento. A palavra “pão” aqui deve ser entendida como símbolo de todas as nossas necessidades físicas e materiais. Deus nos criou pelo seu poder, nos redimiu por sua graça e nos sustenta por sua providência.


Esta petição nos ensina a orar por nosso pão do dia presente. Ensina-nos a viver dia a dia, e não estar ansiosos pelo futuro distante e desconhecido. Quando Jesus ensinou a seus discípulos a orar nos termos desta petição, não cabe dúvida de que sua mente evocava a situação dos judeus no deserto, durante o êxodo, quando diariamente recebiam o maná (Êxodo 16:1-21).




Esta petição nos ensina a viver dia a dia. Proíbe a preocupação ansiosa que é tão característica da vida que não aprendeu a confiar em Deus.


Subentende-se que esta cláusula do Pai Nosso dá a Deus o lugar que lhe corresponde. Admite que de Deus é de quem recebemos o alimento necessário para manter a vida. O alimento que consumimos é um dom direto de Deus.


Esta petição nos recorda, de maneira extremamente sábia, como opera a oração. Se alguém proferisse esta oração, e depois ficasse sentado esperando que o pão lhe caísse do céu, certamente morreria de fome. A oração e o trabalho devem ir de mãos dadas, que quando oramos devemos nos pôr a trabalhar para que nossas orações se tornem realidade. É certo que a semente viva é um dom de Deus, mas também o homem deve semear e cultivar.


A generosidade de Deus e o trabalho humano devem combinar-se. Quando dizemos as palavras desta petição estamos reconhecendo duas verdades fundamentais: que sem Deus não podemos fazer nada, e que sem nosso esforço e cooperação Deus não pode fazer nada por nós.


Quando oramos “O pão nosso de cada dia nos dá hoje”, estamos reconhecendo que Deus é o nosso sustentador e provedor. É um equívoco pensar que nós mesmos atendemos nossas necessidades. Devemos confiar diariamente que Deus nos dará aquilo que Ele sabe que necessitamos.


Deve notar-se que Jesus não nos ensina a dizer "o pão meu de cada dia me dá hoje". Nossa oração deve ser: "o pão nosso de cada dia nos dá hoje."


Lembremo-nos que Jesus é o pão da vida. Ele é o pão que desceu do céu, para que todo o que dele comer não pereça. “Eu sou o pão vivo que desceu do céu; se alguém dele comer, viverá eternamente; e o pão que eu darei pela do mundo é a minha carne”. João 6:48,50,51 Você já provou desse pão do céu? Ele mata nossa fome espiritual eternamente!


Deus sustentou os hebreus por 40 anos no deserto com o maná, “para te dar a entender que não só de pão viverá o homem, mas de tudo o que procede da boca do Senhor viverá o homem”. Deuteronômio 8:3b. Precisamos compreender que vivemos pela Palavra de Deus, o que Ele disser a nosso respeito se cumprirá. Creia Nele!


Esta oração nos ensina a não sermos egoístas em nossas orações. É uma oração que nós podemos cumprir em parte, colaborando com Deus, compartilhando o que nos sobra com aqueles que não têm. Esta oração não somente roga para que nós recebamos o que nos é necessário diariamente; também roga que sejamos capazes de compartilhar com outros o que recebemos.

A quem você tem repartido o seu pão? Só na cidade de São Paulo há hoje 25 mil moradores de rua e, com certeza, em nossa cidade temos cerca de 1.000 pessoas nesta situação. Quero desafiá-lo para que nesta próxima semana você divida o seu alimento com uma família necessitada, ou um morador de rua, ou a quem o Senhor o conduzir. O Senhor tem nos dado mais do que o nosso pão de cada dia, temos a responsabilidade cristã e humanitária de socorrer os necessitados, caso contrário o amor de Deus não estará em nós.





“Se um irmão ou irmã estiverem carecidos de roupa e necessitados do alimento cotidiano, e qualquer dentre vós lhes disser: Ide em paz, aquecei-vos e fartai-vos, sem contudo, lhes dar o necessário para o corpo, qual é o proveito disso? Tiago 2:15.16


“Ora, aquele que possuir recursos deste mundo, e vir a seu irmão padecer necessidade, e fechar-lhe o seu coração, como pode permanecer nele o amor de Deus?” I João 3:17


Não podemos nos eximir, achar desculpas. Talvez não resolveremos o problema de todos, mas mataremos a fome de alguns por um dia ou mais. Qual será a sua resposta. “O pão nosso de cada dia nos dá hoje” para mim e para o meu próximo, para mim e para aqueles que nada têm hoje!


Nosso próximo encontro falaremos sobre o perdão das nossas dívidas, falhas ou pecados.


PERGUNTAS PARA PENSAR


• Por que devemos pedir para Deus suprir as nossas necessidades? E por que não as vaidades?

• Por que a oração e o trabalho andam juntos?

• Qual o sentido da oração: “o pão nosso?”

• Como podemos repartir o pão com o próximo?

• Será que esse grupo não pode ser um agente de ajudar o nosso próximo?


Versículo para memorizar:

“O generoso será abençoado, porque reparte o seu pão com os pobres.”

Provérbios 22:9

Versão Nova Almeida Atualizada (NAA)

Siga-nos no Instagram: https://www.instagram.com/gcincceextensoes/


NOSSO CONVITE Hoje somos mais de 160 grupos cadastrados! E o retorno de todos os participantes tem sido muito positivo! GLORIA A DEUS!


Faça parte de um GC! Enviamos abaixo o link para que você se inscreva nos informando sobre o perfil de grupo que você gostaria de participar. Aguardamos sua inscrição!


LINK DE INSCRIÇÃO: https://bit.ly/inccgc



Europa, Estados Unidos & Canadá, e agora, África! Grupos de Comunhão Internacionais


"... sem barreiras para a comunhão"




Você não foi enviado para este país por acaso, Deus quer te usar para juntos fazermos discípulos de todas as nações!





Outras informações sobre os GCs Internacionais entre em contato:

  • Pr. Cleber Soares

  • Whats: +55 (019)981510850

  • E-mail: cleberfsoares@gmail.com


Contatos:


Mobilizador Projeto GC INCC & Extensões: Pr. Flavio Barbosa / Whats: +55 19 99846-2010

Secretarios: Marcelo / Whats: +55 19 99613-1626 e Pr. Antônio / Whats: +55 19 98160-0148

GCs Internacionais: Pr. Cleber Soares / Whats: +55 (019)981510850 /

Lideres de GC INCC & Extensões:

GC Central: Pr. Flavio Barbosa / Whats: +55 19 99846-2010

GC Comunidade da Esperança: Pr. Diego / Whats: +55 19 99880-4920

GC Cidade Universitária: Pr. Roberto / Whats: +55 19 98823-1757

CG Swiss Park: Pr. Wlamir / Whats: +55 19 98423-4071

37 visualizações0 comentário