• INCC

GC I Ajude aos Próximo


13. Tema: AJUDE O PRÓXIMO

PARÁBOLA DO BOM SAMARITANO


Lucas 10:25-37 -VERSÃO - Nova Almeida Atualizada (NAA)


"25E eis que certo homem, intérprete da Lei, se levantou com o objetivo de pôr Jesus à prova e lhe perguntou: — Mestre, que farei para herdar a vida eterna? 26Então Jesus lhe perguntou: — O que está escrito na Lei? Como você a entende? 27A isto ele respondeu: — “Ame o Senhor, seu Deus, de todo o seu coração, de toda a sua alma, com todas as suas forças e todo o seu entendimento.” E: “Ame o seu próximo como você ama a si mesmo.” 28Então Jesus lhe disse: — Você respondeu corretamente. Faça isto e você viverá. 29Mas ele, querendo justificar-se, perguntou a Jesus: — Quem é o meu próximo? 30Jesus prosseguiu, dizendo: — Um homem descia de Jerusalém para Jericó e caiu nas mãos de alguns ladrões. Estes, depois de lhe tirar a roupa e lhe causar muitos ferimentos, retiraram-se, deixando-o semimorto. 31Por casualidade, um sacerdote estava descendo por aquele mesmo caminho e, vendo aquele homem, passou de largo. 32De igual modo, um levita descia por aquele lugar e, vendo-o, passou de largo. 33Certo samaritano, que seguia o seu caminho, passou perto do homem e, vendo-o, compadeceu-se dele. 34E, aproximando-se, fez curativos nos ferimentos dele, aplicando-lhes óleo e vinho. Depois, colocou aquele homem sobre o seu próprio animal, levou-o para uma hospedaria e tratou dele. 35No dia seguinte, separou dois denários e os entregou ao hospedeiro, dizendo: “Cuide deste homem. E, se você gastar algo a mais, farei o reembolso quando eu voltar.”

36Então Jesus perguntou: — Qual destes três lhe parece ter sido o próximo do homem que caiu nas mãos dos ladrões? 37O intérprete da Lei respondeu: — O que usou de misericórdia para com ele. Então Jesus lhe disse: — Vá e faça o mesmo.”



Pensamentos da Parábola do bom samaritano


Nessa parábola Jesus está ensinando sobre religiosidade, cultura e amor ao próximo.


A parábola começa dizendo que um intérprete da lei queria provar Jesus.

Os intérpretes da lei eram chamados de escribas e legisladores e eles eram especialistas na interpretação da lei de Moisés e na sua maioria eram fariseus e tinham também em menor número os saduceus.

Os fariseus eram conhecidos pela observância rígida, não apenas da Lei escrita, mas da tradição oral. Eles também enfatizavam com rigor a importância de guardar o sábado.

Os saduceus eram membros de uma seita judaica oposta aos fariseus, favorável ao helenismo (domínio da cultura grega) e cujos membros pertenciam em geral à classe rica. Eles não aceitavam a tradição oral.


Os intérpretes da lei não se ocupavam com os estudos seculares, mas sim com a Lei judaica (5 primeiros livros do Antigo Testamento).


Nesse momento, o homem estava com intenções de testar Jesus para ver se conseguia desmascarar os seus ensinos e começa perguntando o que ele deveria fazer para herdar a vida eterna. Jesus é tão maravilhoso que responde com outra pergunta, pois Jesus vê a intenção do coração. A outra pergunta era qual a visão que o intérprete da lei tinha sobre o assunto que ele estava perguntando, baseado na lei.

O intérprete da lei então responde muito bem e resumidamente o texto áureo de Deuteronômio 6:5 “5Portanto, ame o Senhor, seu Deus, de todo o seu coração, de toda a sua alma e com toda a sua força.” e Levítico 19:18 “...ame o seu próximo como você ama a si mesmo. Eu sou o Senhor.”


O texto bíblico fala de amar a Deus com todas as forças. O amor ao Senhor é extraordinário, mas não é possível amar a Deus que não se vê e odiar o próximo que se vê. O próprio apóstolo João, no livro de I João 3-4 diz que devemos amar o nosso próximo. Se alguém amar a Deus e odiar a seu irmão está mentindo.

I João 4:19-21 “19Nós amamos porque ele nos amou primeiro. 20Se alguém disser: “Amo a Deus”, mas odiar o seu irmão, esse é mentiroso. Pois quem não ama o seu irmão, a quem vê, não pode amar a Deus, a quem não vê. 21E o mandamento que dele temos é este: quem ama a Deus, que ame também o seu irmão.”


Quem é o próximo então para que todos possam amar? O próximo é a pessoa que vive por perto. Pode ser alguém da família ou familiares, alguém do trabalho, dos relacionamentos e até mesmo inimigos.


Jesus então conclui para aquele homem que ele deveria amar para poder viver e receber a vida eterna. É importante notar que Jesus não disse que era necessário fazer obras ou mesmo guardar a lei para ter a vida eterna, mas sim amar o próximo.


O intérprete da lei então para se justificar, precisou de uma resposta de Jesus sobre quem seria o próximo dele, pois para eles só a nação de Israel que importava. Jesus responde com a ilustração do samaritano que as bíblias dão o título de “O bom samaritano”. Na ilustração aparecem 4 personagens: o homem que caiu nas mãos de alguns ladrões, o sacerdote, o levita e o samaritano.

O caminho entre Jerusalém e Jericó é de 29km e é cercado por montanhas e pelo deserto o que facilitava o ataque de ladrões.


O homem citado na Bíblia, provavelmente era um israelita que foi alvo de ladrões e o texto nos diz que eles tiraram a sua roupa, causaram ferimentos e o deixaram quase morto. O primeiro que passou foi um sacerdote, que ficou de longe e fez que não viu, um religioso que vivia no templo, mas não foi capaz de olhar para o próximo com compaixão. Eles tinham que ter muito cuidado com a lei, pois se ele tocasse no homem e ele estivesse morto, teria de fazer um ritual de purificação, conforme a lei ensinava. Ele teria as suas justificativas, mas o que é importante notar é que não se preocupou com aquele homem.


Levítico 21:1 “1O Senhor disse a Moisés: — Fale aos sacerdotes, os filhos de Arão, e diga-lhes: O sacerdote não se contaminará por causa de um morto entre o seu povo, 2a não ser que se trate de um parente mais chegado: a mãe, o pai, um filho, uma filha, um irmão.”

O segundo que passou foi um levita, que era da tribo de Levi e escolhido por Deus para cuidar do templo e conduzir a adoração. Era esperado que ele se interessasse pelo homem que estava em necessidade. Ele também teve as suas justificativas e deixou o homem ali como estava e passou longe.


O terceiro que passou foi o samaritano. Como se sabe, há uma disputa histórica entre os samaritanos e os judeus. Os judeus não aceitam os samaritanos por eles terem se misturado com os gentios. Os samaritanos tinham sido discriminados pelos judeus. A última pessoa que eles pensariam: um samaritano ajudando um judeu.


O samaritano teve compaixão, teve amor pelo próximo que talvez não conhecesse ou soubesse se era judeu ou não. A atitude é o que faz toda a diferença na vida de alguém. Aquele homem pára diante daquele que estava quase morto e faz curativos colocando óleo e vinho. O óleo era para aliviar a dor e o vinho para limpar as feridas. Ele o coloca no seu próprio animal, pois não podia nem andar devido aos ferimentos e o levou para uma pousada e tratou dele. No dia seguinte, ele deu dois denários (o equivalente ao salário de dois dias), e poderia servir para um bom tempo na hospedaria até o homem poder estar curado e se tivesse mais alguma despesa, quando ele voltasse iria reembolsar o quanto fosse necessário.


Agora Jesus pergunta ao intérprete da lei, dos três quem foi o mais próximo? E ele responde aquele que teve misericórdia, aquele que se compadeceu do sofrimento humano e não fechou os olhos para a dor.


Jesus então conclui dizendo para ele ir e fazer o mesmo, ou seja, que pudesse ter misericórdia e amor para com o próximo também.



Perguntas para pensar:


• O que Jesus está ensinando nessa parábola?

• Por que os judeus e samaritanos não se davam?

• Por que é tão importante amar o próximo?

• Quais seriam as justificativas do sacerdote e do levita em não ajudar?

• Qual a atitude do samaritano que mudou a vida daquele homem quase morto?





Versículos para memorizar


“19Nós amamos porque ele nos amou primeiro. 20Se alguém disser: “Amo a Deus”, mas odiar o seu irmão, esse é mentiroso. Pois quem não ama o seu irmão, a quem vê, não pode amar a Deus, a quem não vê. 21E o mandamento que dele temos é este: quem ama a Deus, que ame também o seu irmão.” I João 4:19-21


VERSÃO - Nova Almeida Atualizada (NAA)

 



Siga-nos no Instagram: https://www.instagram.com/gcincceextensoes/


NOSSO CONVITE Hoje somos mais de 160 grupos cadastrados! E o retorno de todos os participantes tem sido muito positivo! GLORIA A DEUS!


Faça parte de um GC! Enviamos abaixo o link para que você se inscreva nos informando sobre o perfil de grupo que você gostaria de participar. Aguardamos sua inscrição!


LINK DE INSCRIÇÃO: https://bit.ly/inccgc


 

Europa, Estados Unidos & Canadá, e agora, África! Grupos de Comunhão Internacionais


"... sem barreiras para a comunhão"




Você não foi enviado para este país por acaso, Deus quer te usar para juntos fazermos discípulos de todas as nações!




Outras informações sobre os GCs Internacionais entre em contato:

  • Pr. Cleber Soares

  • Whats: +55 (019)981510850

  • E-mail: cleberfsoares@gmail.com

 

Contatos:


Mobilizador Projeto GC INCC & Extensões: Pr. Flavio Barbosa / Whats: +55 19 99846-2010

Secretarios: Marcelo / Whats: +55 19 99613-1626 e Pr. Antônio / Whats: +55 19 98160-0148

GCs Internacionais: Pr. Cleber Soares / Whats: +55 (019)981510850 /

Lideres de GC INCC & Extensões:

GC Central: Pr. Flavio Barbosa / Whats: +55 19 99846-2010

GC Comunidade da Esperança: Pr. Diego / Whats: +55 19 99880-4920

GC Cidade Universitária: Pr. Roberto / Whats: +55 19 98823-1757

CG Swiss Park: Pr. Wlamir / Whats: +55 19 98423-4071

60 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo