• INCC

GC I Estudo 28: Guia Prático da Vida Cristão - Ansioso eu?


Texto de Estudo: Mateus 6:25-34


VERSÍCULOS CHAVE:

" 30 Ora, se Deus veste assim a erva do campo, que hoje existe e amanhã é lançada no forno, não fará muito mais por vocês, homens de pequena fé? 31Portanto, não se preocupem, dizendo: “Que comeremos?”, “Que beberemos?” ou “Com que nos vestiremos?” 32Porque os gentios é que procuram todas estas coisas. O Pai de vocês, que está no céu, sabe que vocês precisam de todas elas. 33Mas busquem em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça, e todas estas coisas lhes serão acrescentadas. 34 — Portanto, não se preocupem com o dia de amanhã, pois o amanhã trará os seus cuidados; basta ao dia o seu próprio mal.”

Texto de estudo: Mateus 6:30-34


O texto bíblico começa falando sobre servir a Deus e às riquezas e em seguida diz para não andarmos ansiosos. Um dos principais fatores das pessoas terem ansiedade é a preocupação com as finanças. Há uma busca exacerbada pelos tesouros terrenos e não pelos tesouros celestes. Deus chama os seus filhos a serem generosos por meio das posses que possuem, mas não serem escravos dos bens terrenos (Colossenses 3:1-2): "Portanto, se vocês foram ressuscitados juntamente com Cristo, busquem as coisas lá do alto, onde Cristo vive, assentado à direita de Deus. 2Pensem nas coisas lá do alto, e não nas que são aqui da terra.”


A ansiedade tem sido considerada o mal do século passado e deste. Ela atinge todos os extratos sociais, todas as faixas etárias e todos os segmentos. Ninguém escapa desse mal.


I - Mas o que é ansiedade?


É pré-ocupação antecipada. É sofrer pelos problemas hoje quando eles não chegaram. Ela tem sido a causa primária de muitas doenças, a ponto da OMS - Organização Mundial da Saúde, afirmar que mais de 50% das pessoas que passam pelos hospitais passam por problemas psicossomáticos.


Do ponto de vista espiritual a ansiedade é a falta de confiança na proteção e no cuidado de Deus. Foi isso que Jesus disse: “...não andeis ansiosos pela vossa vida...homens de pequena fé... vosso Pai celeste sabe que necessitais de todas elas”. (versos 25, 30 e 32)

Jesus foi claro e específico: “não andeis ansiosos”, precisamos entender que não deve haver lugar para a ansiedade na nossa vida. Devemos ter confiança e fé.


O nosso relacionamento com Deus é baseado na fé. A bíblia diz que “o justo viverá pela fé”. A ansiedade trabalha na contramão da fé. A ansiedade é o resultado de olharmos para os problemas, em vez de olharmos para Deus . Muitos estão nesse momento de grande ansiedade, gerado por conta da pandemia do CORONAVIRUS, não é verdade?


II - O que a Bíblia nos ensina sobre como vencer a ansiedade?


Jesus mesmo disse que ela não ajuda em nada. Por mais ansiosos que estejamos não poderemos acrescentar um côvado no curso da nossa vida; um côvado é a distância de ½ metro, ou a distância entre o cotovelo e a ponta das mãos. A ansiedade é inútil.

Veja que Jesus não está dizendo que não temos responsabilidades.


Precisamos viver conscientes da responsabilidade de trabalhar, batalhar, mas sem ser oprimido pela ansiedade. Jesus não está nos ensinando que devemos confiar e sentar, esperando o agir de Deus, mas que é necessário fazer a nossa parte. Para Deus, nós valemos mais que as aves, os animais, as plantas e se a natureza chama a atenção de Deus, quanto mais nós que fomos criados à Sua imagem e semelhança e refletimos o Senhor na terra.


O trabalho é uma benção dada por Deus e não uma maldição. O Senhor colocou Adão no Jardim do Éden e disse para ele cuidar, lavrar e ele tinha a responsabilidade de trabalhar.


Temos que cumprir nossa responsabilidade sem ansiedade.

Os olhos de Deus estão sobre nós. Podemos confiar, sermos responsáveis, planejar, sonhar, sem ter o peso ou a carga da ansiedade.

Quanto ficamos ansiosos, estamos chamando toda a responsabilidade do sustento, daquilo que precisamos para nós mesmos. A ansiedade tira a confiança em Deus e coloca somente em mim, no meu trabalho, no meu desempenho, como se tudo dependesse só de mim.


Quando a gente fala que não devemos nos preocupar com as coisas dessa vida, não quer dizer que a gente não tem que trabalhar para ter o que precisamos. Até as aves dos céus, que não se preocupam, elas vão caçar, procurar o alimento, trabalhar para ter o seu sustento. Uma coisa é falarmos que não vamos viver ansiosos, não vamos ficar preocupados, desconfiando e tendo aquela vida que você não vive o presente, só vive o futuro, preocupando-se desnecessariamente. Outra coisa é viver de forma prudente.


Jorge Muller disse: - “o começo da ansiedade é o fim da fé.” A fé é a entrega e confiança em Deus que nos leva a um lugar que podemos contar com a Sua ação.

Salmos 127:1-2 “1Se o Senhor não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam. Se o Senhor não guardar a cidade, em vão vigia a sentinela. 2Será inútil levantar de madrugada, dormir tarde, comer o pão que conseguiram com tanto esforço; aos seus amados ele o dá enquanto dormem.”


As sentinelas são necessárias, mas se o Senhor não guardar, ela será inútil. Não exclua Deus de sua vida. Ninguém é suficientemente capaz para viver sem ansiedade e sem depender de Deus. Na carta do apóstolo Paulo, no livro de Filipenses, ele fala sobre as preocupações da vida. Filipenses 4:6-7:


“6Não fiquem preocupados com coisa alguma, mas, em tudo, sejam conhecidos diante de Deus os pedidos de vocês, pela oração e pela súplica, com ações de graças. 7E a paz de Deus, que excede todo entendimento, guardará o coração e a mente de vocês em Cristo Jesus.”


A ansiedade é inútil, mais do que isso, ela é extremamente prejudicial. É ocupar-se antecipadamente por um problema que ainda não está acontecendo, e que talvez não aconteça. Você sabia que está estatisticamente provado que 70% dos problemas que nos deixam ansiosos nunca vão se concretizar. Uma pessoa ansiosa antecipa o sofrimento, e em 70% das vezes, sofre desnecessariamente.


É um sintoma claro que nós tiramos os olhos de Deus, que está no controle da situação, que está com as rédeas das nossas vidas em suas poderosas mãos, e tomamos isso para nós mesmos.



Alerta - Quando eu fico ansioso eu estou dizendo o seguinte: eu não acredito que Deus é suficientemente poderoso, ou suficientemente bom para cuidar da minha vida.


Mas então, como se resolve isso? Como se cura a ansiedade?

Três remédios, baseados em Filipenses 4:


1. O primeiro remédio para cura da ansiedade é aprender a ORAR corretamente.


Filipenses 4:6-7 “Não fiquem preocupados com coisa alguma, mas, em tudo, sejam conhecidos diante de Deus os pedidos de vocês, pela oração e pela súplica, com ações de graças. E a paz de Deus, que excede todo entendimento, guardará o coração e a mente de vocês em Cristo Jesus.”



Orar é estar em comunhão com o rei do universo! Se Deus é quem ele é, Nosso Pai, não precisamos ficar ansiosos. O apóstolo Paulo sugere dois tipos de oração ajudam a vencer a ansiedade, que são a súplica (“pedido insistente e humilde, frequentemente desesperado”) e ações de graças (atitude de agradecimento pelos benefícios recebidos de Deus”).


A oração é o antídoto para a ansiedade. A palavra oração na língua grega é a mesma para adoração. Isto é, tem também a conotação de reverência e adoração. Você adora a Deus por quem Deus é, você pede a Deus porque Ele é o seu Pai e você dá graças a Deus por aquilo que Ele faz. Adoração é um remédio para curar a ansiedade. Eu adoro a Deus por quem ele é. Vejamos quais são os seus atributos: Ele é auto-existente, Deus é infinito, imenso, eterno, imutável, onipotente, onisciente, onipresente, transcendente, soberano. Nem um ser tem esses atributos, só Deus tem. Quão grande é o nosso Deus? Quão majestoso e poderoso Ele é. Quão presente Ele está nas nossas vidas? Quando você ora e traz para sua memória quem é Deus, isso já é um antídoto contra a ansiedade.


Quando eu compreendo a majestade de Deus, percebo suas grandes e maravilhosas obras, e lembro que tudo foi criado pelo poder de sua palavra de poder,...os meus problemas se apequenam. Quando você adora a ansiedade vai embora. Quem conhece a Deus, busca a Deus. Suplique a ele. Quando você ora corretamente, você está se vacinando contra a ansiedade. Ele põe guarda, põe um sentinela no seu coração – veja Filipenses 4:7 – “guardará o vosso coração”, pois quando a ansiedade quiser entrar, você terá uma cerca de proteção na sua vida. Ele troca a sua ansiedade pela sua paz, que não é ausência de problemas. A paz de Deus coexiste com os nossos problemas e ela é muito maior que eles. – “enche seu coração de paz”.


Em sua primeira viagem em 1853 para China, o missionário Hudson Taylor estava num barco e o barco começou a naufragar. Ele orou para que Deus pudesse salvá-lo e se Deus salvasse ele continuaria a fazer a obra missionária. Ele confiou nesta oração. Logo passou alguém dando um bote salva-vidas e ele não aceitou, porque ele achou que se aceitasse o bote salva-vidas ele não estaria confiando n