• INCC

Começa amanhã os 21 dias de Jejum e oração - Por uma Família Inabalável!

Estamos convocando a Igreja para clamarmos a Deus por nossas Famílias.

Deus é o autor da família e a instituiu para cumprir os seus propósitos na terra. A família, segundo os planos do Senhor, existe para refletir ao mundo a santidade, a gloria, o amor e todos os aspectos do seu caráter de Deus.

A convivência harmoniosa entre os cônjuges, pais e filhos, em um ambiente cheio de amor, mostra ao mundo os valores do Reino de Deus e inspira outras pessoas a buscarem o mesmo estilo de vida.


Nesses últimos anos alguns movimentos procuram subjugar a sociedade desvalorizando a família. Vemos claramente por todos os lados uma tentativa maligna para destruir os valores estabelecidos por Deus numa tentativa de desconfigurar o projeto divino para a família.

Nossa família existe para Glória de Deus! Por isso estamos convocando a Igreja para o propósito da Família Inabalável. Serão 21 dias de Jejum e oração com início amanhã 09 de agosto.

Durante os 21 dias será disponibilizado nas redes sociais, especialmente no boletim online, os devocionais e motivos de oração.


Convoque sua família, separe um tempo para orarem juntos, permanecendo no propósito do jejum e buscando a Palavra de Deus através devocionais diários. O Senhor virá com o sobrenatural e tornará nossas famílias inabaláveis.




Durante esses 21 dias, os devocionais e motivos de oração serão disponibilizados nas redes sociais e no boletim online.

Convoque sua família, separe um tempo para orarem juntos, jejuem e acompanhe os devocionais diariamente.

O Senhor virá de forma sobrenatural e tornará nossas famílias inabaláveis.


PASSO A PASSO



O Que é Jejum? Biblicamente pode ser definido como abstinência total ou parcial de alimentos por um tempo ou período para um propósito espiritual.

De maneira simples é abrir espaço na sua rotina habitual para se conectar com Deus.

A Bíblia registra que homens e mulheres fizeram jejum a Deus para buscar um relacionamento íntimo e profundo, se fortalecerem espiritualmente e também por propósitos

específicos de seu povo e nação. Jesus foi o maior exemplo e é nosso maior modelo a ser seguido, jejum e oração eram uma prática constante em sua vida e ministério. (Mateus 6.5 e Mateus 4.2)

O jejum não é só um tempo de abstinência de alimentos e sim um tempo de alinharmos nossa vida com o modelo do céu.

Vejamos o jejum que agrada a Deus.

“O jejum que desejo não é este:

Soltar as correntes da injustiça, Desatar as cordas do jugo, Pôr em liberdade os oprimidos e romper todo o jugo?

Não é partilhar sua comida com o faminto, Abrigar o pobre desamparado, Vestir o nu que você encontrou, e não recusar ajudar ao próximo?

Aí sim, a sua luz irromperá como a alvorada e prontamente surgirá a Sua cura; a Sua retidão irá adiante de você, e a glória do Senhor estará na sua retaguarda.

Aí sim, você clamará ao Senhor, e Ele responderá; Você gritará por socorro, e Ele dirá: Aqui estou.” Isaías 58.6-9 Por Que Jejuar Pela Família? Deus é o autor da família e a instituiu para cumprir os seus propósitos na terra, refletir ao mundo a sua santidade, amor e todos os aspectos do seu caráter.

A convivência harmoniosa entre os cônjuges, pais e filhos em um ambiente cheio de amor, mostra ao mundo os valores do Reino de Deus e influencia as pessoas a buscarem o mesmo tipo de vida.


Nesses últimos anos, alguns movimentos querem subjugar a sociedade. Existe um ataque maligno e um dos seus alvos são as famílias, onde tramam artimanhas para destruir os projetos que Deus criou.

Nossa família existe para a Glória de Deus. Por isso estamos convocando a Igreja para o propósito Família Inabalável, serão 21 dias de Jejum e oração em prol da nossa família, com início no dia 09/08/2019.



Tipos de Jejum Jejum normal: Abstinência de alimentos, somente com ingestão de água.

Foi a forma que Jesus adotou ao jejuar no deserto. (Mateus 4.2)

Jejum parcial: Abstinência de uma refeição ou também de algum tipo de

alimento. (Daniel 10.2-3)

* Lembrando que todo jejum deve ter um acompanhamento

médico, estamos lutando contra nossa carne (natureza e

impulsos) e não contra nosso corpo.