• INCC

Dia 3 - Produtividade Espiritual - #JEJUM2020


"Ouvi: Eis que saiu o semeador a semear. E, ao semear, uma parte caiu à beira do caminho, e vieram as aves e comeram. Outra caiu em solo rochoso, onde a terra era pouca, e logo nasceu, visto não ser profunda a terra. Saindo, porém, o sol a queimou; e porque não tinha raiz, secou-se. Outra parte caiu entre espinhos; e os espinhos cresceram e a sufocaram, e não deu fruto. Outras, enfim, caíram em boa terra, e deram fruto que vingou e cresceu, produzindo a trinta, a sessenta e a cem, por um. E acrescentou: Quem tem ouvidos para ouvir, ouça" (Marcos 4:1-9). 

Jesus voltou a ensinar à beira-mar. E reuniu-se numerosa multidão a Ele, de modo que entrou num barco, onde se assentou, afastando-se da praia. Assim, ensinava-lhes muitas coisas por parábolas, no decorrer do Seu doutrinamento. 

Temos nos preocupado em notar que muitos de nós crescemos na vida cristã, até um certo patamar, outros estagnaram e não poucos retrocederam. Por que, de repente, muitos pararam, outros estagnaram e outros até retrocederam? 

Neste texto o Senhor conta uma história que fornece uma série de aplicações.  Há uma semente que cai – e toda semente é boa. Esta semente, na interpretação, é a Palavra de Deus, que é sempre boa e nunca volta vazia. 

A Palavra de Deus não precisa de remendo ou de retoque. Ela é viva e eficaz, tem capacidade por si mesma, e, quando é recebida de uma maneira séria e profunda, produz frutos que duram por toda Eternidade. Na parábola, Jesus fala da semente que cai aqui, cai acolá, cai mais adiante, uma é sufocada pelos espinhos, outra a terra não permite que germine, outra o sol queima, mas uma cai em terra boa e produz frutos, a trinta, a sessenta e a cem por um.  Que tipo de produtividade temos tido como cristãos? Se o Senhor voltasse hoje e examinasse as nossas vidas, acharia frutos? 


Pensamento: A Palavra de Deus, quando semeada, produz frutos para a Eternidade.


Oração: Senhor, ajuda-me, sempre, a semear em terra boa, para dar frutos, e mantenha o diabo afastado, para não roubar a semente que plantamos. Em Teu nome. Amém. - Devocional extraído do livro "Bálsamo e Mel" do Pastor Aguiar Valvassoura.



Ouça a música tema do #JEJUM2020 durante o seu devocional.



2,298 visualizações6 comentários
logo incc preto.png
Igreja do Nazareno Central de Campinas