• INCC

GC I Qual o significado de fermento na bíblia? Qual a aplicação que Jesus fez sobre o fermento?

VAI DAR CERTO


VERSÍCULOS:

Versículos: Mateus 13:33 e Lucas 13:20-21


Mateus 13:33 “33 Disse-lhes outra parábola: O reino dos céus é semelhante ao fermento que uma mulher tomou e escondeu em três medidas de farinha, até ficar tudo levedado.”

Lucas 13:20-21 “20 Disse mais: A que compararei o reino de Deus? 21 É semelhante ao fermento que uma mulher tomou e escondeu em três medidas de farinha, até ficar tudo levedado.


O Reino dos céus e o Reino de Deus. Palavra grega basiléia e a palavra hebraica malkut (מלכות). "Reino de Deus" e "Reino dos céus" possuem o mesmo significado, mas são utilizados de formas diferentes para dar entendimento aos leitores do Evangelhos.


Mateus utiliza mais a expressão Reino dos céus, porque ele escreve para os judeus, por ser isso significativo para os judeus. Ele escreve 4 vezes Reino de Deus (12:28; 19:24; 21:31,43). Apesar do Reino de Deus não aparecer em nenhum mapa, é um lugar real. É um lugar aonde a vontade de Deus é realizada inteiramente. O Reino de Deus é um mistério para a grande maioria dos homens. Nós veremos e entenderemos o reino por completo quando Jesus vier novamente glorioso. A proclamação do reino de Deus era a mensagem principal de Jesus.

"Falarão da glória do teu reino, e relatarão o teu poder, para que façam saber aos filhos dos homens os teus feitos poderosos e a glória do esplendor do teu reino. O teu reino é um reino eterno; o teu domínio dura por todas as gerações" (Salmos 145:11-13).


As palavras significam reinar, reino e domínio.


Um rei tem que reinar sobre um reinado específico. O seu reino, o seu domínio não vem de homens, mas de Deus que é eterno e o seu reino também é eterno.

Deve reinar a vontade de Deus. Temos que abrir nosso coração e as nossas vidas para o reinado de Deus como uma criança obediente (Marcos 10:15).

Temos que entrar no reino e estar no Reino de Deus (Mateus 8:11; Marcos 9:47; 10:23-25; Lucas 13:28).


Fermento (REFERÊNCIA)

Fermento é um dos principais ingredientes do pão, bolos tortas, etc. A ele é dado o poder de conferir volume, sabor e valores nutricionais ao produto. Fermento químico: decomposição que ocorre quando o bicarbonato gera gás carbônico e água, fazendo com que a massa aumente seu volume, cessando quando todo o fermento reage.


Fermento biológico ou levedura: é um microrganismo vivo (Saccharomyces cerevisiae) precisa de glicose, que alimenta a levedura: o fungo ingere a glicose, e seu metabolismo a transforma em gás carbônico e álcool, que, com o calor, expande a massa.


O que significa fermento na bíblia?


Na preparação para a Páscoa, os judeus limpavam cerimonialmente as suas casas eliminando todo resto de fermento e, inclusive, a menor migalha de pão fermentado.

Êxodo 12:15 “Sete dias comereis pães asmos. Logo ao primeiro dia, tirareis o fermento das vossas casas, pois qualquer que comer coisa levedada, desde o primeiro dia até ao sétimo dia, essa pessoa será eliminada de Israel.”


Levítico 2:11 “Nenhuma oferta de manjares, que fizerdes ao Senhor, se fará com fermento; porque de nenhum fermento e de mel nenhum queimareis por oferta ao Senhor.”

Normalmente significa coisas ruins, má influência, símbolo do mal e corrupção.


Mateus 16:6, 12 “6E Jesus lhes disse: Vede e acautelai-vos do fermento dos fariseus e dos saduceus. (...) 12Então, entenderam que não lhes dissera que se acautelassem do fermento de pães, mas da doutrina dos fariseus e dos saduceus.”

Gálatas 5:9 “Como dizem por aí: “Um pouco de fermento fermenta toda a massa”.

1Coríntios 5:6 – Não está certo que vocês estejam orgulhosos! Vocês conhecem aquele ditado:


“Um pouco de fermento fermenta toda a massa”.

Expressão proverbial para indicar o grande mal que pode causar algo aparentemente inofensivo. Assim como o fermento penetra toda a massa do pão, a maldade de uma só pessoa corrompe toda a igreja que a consente.


Qual é aplicação que Jesus faz para fermento em Mateus 13:33 (Lucas 13:20-21)?


O reino, o governo, o domínio de Deus é eterno porque o próprio Deus é eterno. O reino, o governo, o domínio de Deus se mistura com o próprio Deus, porque possui o amor, os atos e a vontade do próprio Deus – palavra hebraica malkut (מלכות).

Jesus declarou que ele e o Pai eram um (João 10:30).

Paulo diz em Colossenses 1:26-27, que o mistério do evangelho do reino é “Cristo em vós, esperança da glória”.

Jesus faz uma alegoria de que O Reino dos céus ou Reino de Deus é semelhante ao fermento e, pelas suas propriedades, faz uma associação contrária ao senso comum.

Jesus utiliza a ação do fermento para simbolizar o bem que o reino de Deus faz no interior das pessoas.


A parábola apresenta pelo menos, 04 lições positivas sobre o fermento.


1. Pequena quantidade de Reino de Deus (fermento) traz uma grande mudança interna na pessoa, na Igreja (na massa).

“fermento (...) escondeu em três medidas de farinha”, uma proporção menor.

Crescimento, fermentação e transformação (Romanos 12:1-2).


2. A pessoa (massa) não cresce sozinha, tem que ter ajuda externa, do Reino de Deus (fermento).

“que uma mulher tomou”, a pessoa certa – o Espírito Santo.

O Reino é justiça, e paz, e alegria no Espírito Santo (Romanos 14:17).


3. O reino (fermento) trabalha por dentro, influenciando toda a pessoa (massa).

Há uma ação dentro, no interior.

Tem a ação da mistura, de modo que as unidades ou partículas de uma se interponham entre as unidades das outras.

Filipenses 1:6 “Estou plenamente certo de que aquele que começou boa obra em vós há de completá-la até ao Dia de Cristo Jesus.”


4. O Reino (A levedação) muda toda a pessoa (massa) por completo

A chegada do Reino de Deus na nossa vida nos conduz ao propósito da nossa vida, e o propósito é glorificar a Deus e ao seu Cristo e se alegrar nele para sempre.

Convence do pecado, da justiça e do juízo – João 16:7-8

Garante da Salvação – 2 CORÍNTIOS 1:21-22

Ensina – João 16:13

Produz Frutos – Gálatas 5:22-23


Pontos para pensarmos:


Está implícito o tempo.