• INCC

Dia 13 - A Ótica De Deus - #JEJUM2020

"Então, o Anjo do Senhor lhe apareceu e lhe disse: 'O Senhor é contigo, homem valente” (Juízes 6 :12)

Gideão é tido como um dos primeiros juízes de Israel. Viveu em um momento quando a nação estava debaixo de grande opressão: plantava e não colhia, semeava e não comia o que semeava. Quando a ceifa chegava, vinham os midianitas e os amalequitas, e saqueavam como gafanhotos.  Certo dia, Gideão estava em casa malhando trigo no lagar. Ora, lagar era lugar de pisar uvas e não de malhar trigo. A opressão era tão grande que ele escolheu um lugar improvável para trabalhar, a fim de não ser descoberto. 

É interessante que Deus nos trata segundo o que Ele vê em nós, não conforme o que nós vemos em nós mesmos. Qual era a auto-imagem de Gideão? "Sou da família mais pobre, e eu, o menor na casa de meu pai".  Às vezes, nossa imagem está tão fraca que nós pensamos como Gideão. Temos uma imagem tão negativa que não vemos o que precisa ser visto e deixamos de ver o que deve ser visto. Gideão estava cheio de negativismo, mas Deus tinha um conceito fantástico de Gideão: "Homem valente, eu sou contigo homem valente, vai nessa tua força". 

Quando temos um conceito errado de nós mesmos, isto é sinal que temos um conceito errado de Deus. Achamos que Deus vai nos tratar do jeito que nós mesmos nos tratamos.  Deus sempre escolhe aqueles que se julgam nada para fazer grandes coisas. A ótica de Deus não é a ótica do homem. Deus não vê o exterior, mas, o interior.  Não se esqueça: Deus não se deixa levar por aparências nem por circunstâncias. 


Pensamento: Somos, primeiro, o que pensamos a nosso próprio respeito.  Oração: Senhor, ajuda-nos a nos enxergarmos pelos olhos de Deus. Em nome de Cristo, amém.  - Devocional extraído do livro "Bálsamo e Mel" do Pastor Aguiar Valvassoura.




Ouça a música tema do #JEJUM2020 durante o seu devocional.



0 visualização
logo incc preto.png
Igreja do Nazareno Central de Campinas