• INCC

GC I Estudo 24: Tentação


VERSÍCULOS CHAVE:

“e não nos deixes cair em tentação; mas livra-nos do mal [pois teu é o Reino, o poder e a glória para sempre. Amém]!” Mateus 6:13

“Vigiem e orem, para que não caiam em tentação; o espírito, na verdade, está pronto, mas a carne é fraca.” Mateus 26:41

Versão Nova Almeida Atualizada (NAA)


I – TENTAÇÃO E PROVAÇÃO SÃO AS MESMAS COISAS?



Será que são sinônimas? Muitos confundem as duas palavras, mas existe uma grande diferença entre tentação e provação. Elas não são sinônimas, pelo contrário, são totalmente diferentes.


Quanto à origem: a provação vem de Deus para as nossas vidas, mas a tentação vem do Diabo, ele é o tentador – Mateus 4:3 – “Então, o tentador, aproximando-se disse: Se és Filho de Deus, manda que estas pedras se transformem em pães”.


- Tiago 1:12-13 – “Bem-aventurado o homem que suporta, com perseverança, a provação porque, depois de ter sido aprovado, receberá a coroa da vida, a qual o Senhor prometeu aos que o amam. Ninguém, ao ser tentado, diga: Sou tentado por Deus; porque Deus não pode ser tentado pelo mal e ele mesmo a ninguém tenta”


Tanto a tentação como a provação acontecerão nas nossas vidas. A diferença é a origem de cada uma e suas finalidades, que são totalmente diferentes.

A tentação atinge a todos, sem exceção. Deus só teve um Filho sem pecado, Jesus, mas nenhum filho sem ser tentado.


SER TENTADO É PECADO?

Ser tentado não é pecado, mas cair em tentação sim, por isso que Jesus nos ensina a orar solicitando que o Pai nos ajude a não ceder, a não cair em tentação. Quando caímos estamos pecando. Não podemos impedir que um pássaro voe sobre nossas cabeças, mas podemos impedi-lo de fazer ninho.




II – QUAIS SÃO AS DIFERENÇAS ENTRE PROVAÇÃO E TENTAÇÃO?


Quanto às finalidades:

  • A PROVAÇÃO vem de Deus para o nosso BEM (Tiago 1:12-13) , a TENTAÇÃO vem do Maligno para o nosso mal.

  • A PROVAÇÃO tem como projeto nos AMADURECER , enquanto a TENTAÇÃO tem como projeto nos derrubar e nos DESTRUIR.

  • A PROVAÇÃO tem como objetivo nosso FORTALECIMENTO, a TENTAÇÃO tem como objetivo NOS ENFRAQUECER.

  • DEUS NOS PROVA para nos APERFEIÇOAR e o Diabo nos tenta para nos CORROMPER.

  • DEUS NOS PROVA como evidência do seu AMOR RESPONSÁVEL, PARA NOS TREINAR PARA OS GRANDES EMBATES DA VIDA, e o diabo nos tenta para nos levar a uma vida de rebeldia, desobediência, transgressão, queda e morte.

  • A PROVAÇÃO tem como objetivo nos tornar MAIS PARECIDOS COM JESUS, a TENTAÇÃO tem como objetivo nos tornar mais parecidos com o Diabo.

Quando Deus nos prova, nós saímos dessas provas mais perto de Deus, quando o diabo nos tenta ele tem o propósito de nos afastar de Deus. A provação é santa, é boa; a tentação é maligna e má. Deus nos prova para tirar sempre o melhor de nós. Satanás nos tenta para fazer o pior em nós.

A Bíblia é clara, quando nos informa que passaremos por muitas provações, mas Deus nos dá graça suficiente para enfrentá-las. Ele não nos provará além das nossas forças. Deus não desperdiça sofrimento na vida dos seus filhos. Ele nos supre com poder necessário para enfrentarmos as provações vitoriosamente. Sairemos delas, mais puro, mais santo, mais feliz, mais maduro, mais perto de Deus, mais grato a Deus.


III – A CULPA É SÓ DO DIABO DAS NOSSAS TENTAÇÕES?


Não. Nós somos diretamente tentados por três fontes:


1. O Diabo (ele é o tentador que quer matar, roubar e destruir, ele é o nosso maior adversário) – “O ladrão vem somente para roubar, matar e destruir..” João 10:10a;

2. A Carne (pela nossa própria vontade – concupiscência – cobiça - desejo – que está dentro de nós mesmos) - Tiago 1:14-15 – “Ao contrário, cada um é tentado pela sua própria cobiça, quando esta o atrai e seduz. Então, a cobiça, depois de haver concebido, dá à luz o pecado; e o pecado, uma vez consumado, gera a morte” .

3. O Mundo (com seu sistema de valores corrompido e corruptor). “Não ameis o mundo nem as coisas que há no mundo. Se alguém amar o mundo, o amor do Pai não está nele” I João 2:15

Há uma confluência de fatores que tentam nos atrair e nos seduzir, porque o pecado é um engodo, uma isca, é oferecido a você como algo prazeroso, vantajoso, que vai atender sua necessidade imediata, mas quando você morde a isca você percebe que por trás dessa isca tem um anzol de morte.


O pecado oferece prazer mas vai pagar com desgosto. Oferece liberdade mas mantém você numa jaula de culpa e medo. Ele oferece vida e no DNA da tentação está a morte.

Então a tentação é tudo aquilo que nos oferece alguma coisa boa, aparentemente boa, mas por trás tem uma intenção má, para destruir e nos afastar de Deus.

Lembre-se não é só quando agimos e cedemos que a tentação vira pecado. Quando pensamos e desejamos, também estamos cedendo à tentação. Mateus 5:28 – “Eu porém, vos digo: qualquer que olhar para uma mulher com intenção impura, no coração, já adulterou com ela.”

O invólucro da tentação é o prazer, e o conteúdo da tentação é o pecado e o fim da tentação é a morte.


IV – QUAIS SÃO AS ÁREAS QUE MAIS SOMOS TENTADOS?


Vejamos três áreas dentre as muitas que, via de regra, somos vulneráveis: sexo, dinheiro e poder.


Para quem tem queda por sexo, cuidado com o que vê na internet, pornografia. Precisa ser vigilante, para não entrar em um processo de queda moral. Para quem tem problema na área do dinheiro precisa ser cauteloso, porque senão vai pegar o que não é seu. Fazer negócios para receber uma propina. A Lava Jato (conjunto de investigações da Polícia Federal do Brasil) mostra o submundo do pecado, da avareza e o amor ao dinheiro. E há aqueles cheios de vaidades, igual um pavão. Adoram poder, aparecer, se mostrar. Lutam pelo poder e querem se manter no poder.


Todos nós temos pontos fracos, calcanhar de Aquiles, áreas vulneráveis, flancos abertos e temos também nossos pontos fortes. Os dois aspectos são perigosos; para os pontos fracos temos que fechar as brechas. O ponto forte também é um perigo. Por achar que está forte você não vigia, não se cuida, e a bíblia diz: “Aquele que pensa que está em pé, veja que não caia”. I Coríntios 10:12


V – COMO VENCER A TENTAÇÃO?


Lembre-se sempre que NUNCA A TENTAÇÃO É INSUPERÁVEL!

Deus não permite que sejamos tentados além das nossas forças para resistir. Ele já provê o livramento para você. I Coríntios 10:13 – “Não vos sobreveio tentação que não fosse humana; mas Deus é fiel e não permitirá que sejais tentados além das vossas forças; pelo contrário, juntamente com a tentação, vos proverá livramento, de sorte que a possais suportar.”

Não chegue perto da tentação, mas fuja – 2 Timóteo 2:22 – “Foge, outrossim, das paixões da mocidade. Segue a justiça, a fé, o amor e a paz com os que, de coração puro, invocam o Senhor”.



- Quais os recursos que Jesus usou para vencer a tentação?

Jesus Cristo foi tentado e não caiu na tentação. Vejamos Mateus 4:1-11.

“A seguir, foi Jesus levado pelo Espírito ao deserto, para ser tentado pelo Diabo. E, depois de jejuar quarenta dias e quarenta noites, teve fome. Então, o tentador, aproximando-se lhe disse: Se és Filho de Deus, manda que estas pedras se transformem em pães. Jesus, porém, respondeu: Está escrito; Não só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que procede da boca de Deus. Então, o Diabo o levou à Cidade Santa, colocou-o sobre o pináculo do templo e lhe disse: Se és Filho de Deus, atira-te abaixo, porque está escrito: Aos seus anjos ordenará a teu respeito que te guardem; e: Eles te susterão nas suas mãos, para não tropeçares nalguma pedra. Respondeu-lhe Jesus: Também está escrito: Não tentarás o Senhor teu Deus. Levou-o ainda o Diabo a um monte muito alto, mostrou-lhe todos os reinos do mundo e a glória deles e lhe disse: Tudo isto te darei se, prostrado, me adorares. Então, Jesus lhe ordenou: Retira-te, Satanás, porque está escrito: Ao Senhor, teu Deus, adorarás, e só a ele darás culto. Com isto, o deixou o Diabo, e eis que vieram anjos e o serviram.”

  1. Ele estava cheio do Espirito Santo de Deus (v.1) – Gálatas 5:16 “Por isso digo: deixem que o Espírito guiem suas vidas. Assim, não satisfarão os anseios de sua natureza humana”

  2. Ele estava em comunhão com o Pai (em oração e jejum) (v.2) – Mateus 26:41 – “Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; o espírito, na verdade, está pr